SUSPEITO DE MATAR “POTINHO” ESFAQUEADO É PRESO PELA POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO DE NOVA DIMENSÃO

Compartilhar:

 


Na tarde de domingo, 06 de março, uma guarnição do grupamento da Polícia Militar do Distrito de Nova Dimensão foi acionada por populares onde relataram que havia ocorrido um homicídio na BR - 420, linha 27 B, km 21.

De imediato uma guarnição fez o deslocamento até o local onde foi constatado a veracidade das informações, foi feito contato com o supervisor da 3ª CIA, que acionou a perícia, enquanto a guarnição fazia a preservação do local.

Em contato com uma testemunha, um idoso de 73 anos, ele relatou que estava na sua casa quando o suspeito identificado como Antônio C. O., 54 anos juntamente com a vítima conhecida na região como “Potinho”, chegaram até sua casa em uma motocicleta Broz de placa NCY-7703, e começaram a beber.

 Em determinado momento Antônio pegou uma faca de dentro da bolsa e esfaqueou “Potinho” na região do pescoço e saiu da sua casa tomando rumo ignorado.

Os experientes policiais militares colheram informações sobre as características do suspeito, foi quando populares informaram que o mesmo estaria escondido em um sítio nas proximidades.

Diante disso um policial permaneceu no local para preservação e os demais componentes da guarnição passaram a fazer diligências nas imediações no intuito de localizar suspeito do crime e após várias buscas nos sítios vizinhos a guarnição logrou êxito em localizar Antônio em uma estrada que dá acesso à casa de um sítio.

Foi feito a abordagem e revista ao mesmo e perguntado sobre o nome dele, como ele não estava com seus documentos pessoais a guarnição foi com Antônio até a casa onde ele reside e ao chegar no local para pegar os documentos pessoais logo foi constatado pela sua identidade e segundo a testemunha que se tratava do referido suspeito de cometer o homicídio.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão a Antônio e lidos seus direitos constitucionais, na residência de Antônio foi encontrado uma espingarda Cal.16, pendurada na parede ao lado da cama do quarto, a arma estava sem numeração de identificação, contendo 03 cartuchos intactos. A faca usada no crime foi recolhida pela perícia técnica da Politec e Antônio apresentando na Unisp de Nova Mamoré ficando à disposição do comissário de plantão.

Fonte: Jornal Mamoré Agora

 

 

Nenhum comentário