POLÍCIA CIVIL COM APOIO DA POLÍCIA MILITAR PRENDE DOIS JOVENS ACUSADOS DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM NOVA MAMORÉ

Compartilhar:

 Um estava envolvido na tentativa de homicídio de uma jovem em dezembro de 2021 e outro na tentativa de homicídio na festa de virada de ano



Uma ação desencadeada na manhã desta quinta – feira, 03 de fevereiro, pela delegacia de Polícia Civil de Nova Mamoré/RO, com apoio da Polícia Militar através de pedido de prisão formulado pelo Delegado Regional de Polícia Civil Dr° Rogério Pereira dos Santos, e acatado pelo juízo da 1ª vara criminal de Guajará – Mirim, em desfavor dos investigados Matheus S. M. e Carlos Henrique J. N., foi dado fiel cumprimento.



Em desfavor de Matheus S. M., contava em fase de inquérito o crime de homicídio na forma tentada, praticado na frente de um clube, em que ele tentou contra a vida de um outro jovem usando um facão, no dia 14/11/2021.



Na mesma seara, Matheus S.M., na festa de virada de ano que ocorreu no centro de Nova Mamoré, o elemento ao ser detido quebrou de forma violenta a viatura da Polícia Militar e promoveu baderna generalizada, inclusive com disparo de arma de fogo.

Já em desfavor, de Carlos Henrique, em fase de inquérito, ele teria cometido o crime de homicídio na forma tentada, mediante um erro de execução, tendo como vítima uma pessoa e atingindo outra.



O juiz da primeira vara criminal de Guajará – Mirim, acatou os pedidos feitos pelo delegado regional, e na manhã desta quinta – feira, 03 de fevereiro, deu cumprimento aos mandatos de busca em apreensão na residência dos acusados, no bairro planalto.

Com apoio da Policia Militar o cerco foi montado na residência de Carlos Henrique, onde com a chegada da Polícia, Matheus tentou fugir, porém a polícia conseguiu prendê-lo do outro lado da quadra do Posto de Saúde do Planalto em debelada fuga. A Polícia Civil e Militar ainda foram em uma chácara no Ramal do Lage, em busca de armas que poderiam pertencer a Matheus, logrando êxito em localizar duas espingardas.



Matheus e Carlos Henrique foram conduzidos para Unisp, onde, em seguida serão encaminhados ao sistema prisional. A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar vem dando rápida resposta a população.

Fonte: Jornal Mamoré Agora

 

Nenhum comentário