POLÍCIA MILITAR PRENDE TRÊS SUSPEITOS DE TRÁFICO COM 27 TABLETES DE COCAÍNA ESCONDIDOS DENTRO DE LATAS DE MASSA CORRIDA

Compartilhar:


Na madrugada deste domingo (11), uma guarnição do Batalhão de Policia Militar Ambiental durante Operação Hórus, em apoio ao patrulhamento da Operação intitulada Tolerância Zero desencadeada pelo 6° Batalhão de Policia Militar em patrulhamento no Bairro Cristo Rey, em Guajará – Mirim/RO, percebeu um veículo Voyage, de cor prata, placa OHV-8865, estacionado com uma caretinha que levava uma motocicleta CG/Fan, de cor vermelha de placa NON-0445.

A guarnição resolveu abordar o veículo para saber a procedência da motocicleta. No momento da abordagem o motorista, Pedro H. P. S., 23 anos, se encontrava dentro do automóvel e foi pedido que ele saísse, pois seria realizado uma abordagem pessoal e veicular.

Ao descer do veículo e realizada a abordagem foi encontrado em sua cintura uma pistola 9 milímetros contendo 14 cartuchos intactos, Pedro apresentou o registro da arma, todavia não apresentou o porte legal do uso da arma de fogo.

Neste momento foi dado voz de prisão a ele, no local ao lado da caretinha encontrava-se juntamente com Pedro, o suspeito Denis A. A. F., 33 anos, que também foi revistado, mas nada foi encontrado com ele.

Durante a revista veicular foi encontrado no porta-malas em uma mochila de cor preta com 05 (cinco) tabletes aparentando ser cocaína, neste momento também foi dado voz de prisão a Denis. Foi perguntado a Pedro se Denis tinha consciência do entorpecente dentro do veículo, ele confirmou.

Buscas foram feitas no porta-malas do veículo onde foram encontrados mais 22 (vinte e dois) tabletes de entorpecente distribuídos em três latas cheias de massa corrida. Nesse instante Josué A. F., 23 anos, irmão de Denis, com apelido de “jacarezinho” ao perceber a prisão do irmão, passou a interferir nas ações policiais proferindo palavras grosseiras e ofensivas contra a guarnição, e passou a filmar toda ação policial, atrapalhando o serviço, sendo necessário sua condução.

No local da abordagem, Pedro de forma espontânea declarou a Polícia que quem colocou a droga no carro foi “Jacarezinho”, ou seja, colocou nas latas de massa corrida, e seu irmão, colocou na mochila preta.

Pedro alegou ser Uber e que recebeu uma ligação de Denis para conduzir uma motocicleta até uma borracharia, pois o pneu estava furado. O automóvel usado encontra-se com avarias, conforme relato policial.

A motocicleta, o veículo, a caretinha, o entorpecente e os conduzidos Pedro H. P. S, 35 anos, Denis A. A. F., 33 anos e Josué A. F., 23 anos, não apresentam nenhuma lesão corporal, e no momento da prisão Josué “jacarezinho” resistiu à prisão, mas foi contido com o uso de algema. Todos ficaram a disposição do comissário de plantão.

Fonte: Mamoré Agora

 

Nenhum comentário