NA CPI DA COVID, MARCOS ROGÉRIO CONVOCA QUATRO GOVERNADORES, MAS DEIXA MARCOS ROCHA DE FORA

Compartilhar:

 


O senador Marcos Rogério (DEM), membro da CPI da Covid, apresentou 33 requerimentos com pedidos de informações e convocações de autoridades sanitárias, políticos e gestores de estados e municípios. Os governadores de São Paulo, João Dória; Amazonas, Wilson Lima; Bahia, Rui Costa; e Pará, Hélder Barbalho, foram chamados a prestar esclarecimentos aos parlamentares por Marcos Rogério. Entretanto, o governador de Rondônia, Marcos Rocha (Sem partido), um dos principais aliados do presidente Bolsonaro no Norte do País, não foi convocado, apesar de sua administração durante a pandemia ter passado por operações da Polícia Federal para investigar suspeitas de superfaturamento, direcionamento de licitação e desvio de recursos na compra de testes para Covid-19.

Marcos Rogério em seus 33 requerimentos pede esclarecimentos sobre o volume de recursos repassados a estados e municípios pelo Governo Federal e a discriminação da execução orçamentária. O senador rondoniense também convocou o médico infectologista David Uip e a oncologista Nise Hitomi Yamaguchi. Ele manifestou preocupação com atitudes e declarações de membros da CPI que, segundo o senador, não escondem a clara intenção de culpar o presidente Bolsonaro pelas mortes ocorridas no Brasil.



Fonte: Rondoniagora

Nenhum comentário