COM POPULAÇÃO DE 1.790 MILHÕES DE HABITANTES, RONDÔNIA SÓ RECEBEU 213.608 VACINAS

Compartilhar:

Completou na segunda feira, 29, um ano do registro da primeira morte em Rondônia de um paciente infectado pelo novo coronavírus.

PRIMEIRO CASO:

Neste início, sem protocolo, as pessoas eram mandadas para casa, receitada a tomar dipirona e, em seguida, vinham a óbito.

UM ANO SE PASSOU:

Um ano depois, o vírus sofreu mutações, os casos se multiplicaram e, hoje o quadro é lastimável, e já soma 4.046 pessoas que já perderam a vida para o vírus.

SISTEMA DE SAÚDE COLAPSOU:

Para completar, o sistema de saúde colapsado, pacientes considerados moderados, têm sido transferidos para fora do Estado, através de uma parceria do Governo de Rondônia com o Governo Federal, uns voltam com vida, outros não. Já nas ante-sala de UTI’S, 90 doentes em estado gravíssimo esperam para ser intubados.

NÚMERO DE MORTES EM UM ANO

A estatística macabra traz Porto Velho na dianteira com 1.805 pessoas mortas. Seguido de Ji-Paraná, com 336, Ariquemes registra 316, Vilhena 168, Guajará Mirim 165 e Cacoal com 144, são estas as principais cidades do Estado em número de perdas de vida.

SITUAÇÃO ATUAL: 

Nos últimos dias, a doença avançou e, agora, são os jovens que até então, estavam fora dos chamados grupos de risco, é que vêm sendo infectados e muitos tem perdido a batalha para o vírus letal.

PERDIDOS NA HISTÓRIA

Sem saída, o governo do Estado atua de forma desordenada. Ora cede às pressões e edita decreto para fazer média com empresariado local, ora o secretário de saúde, Fernando Máximo, usa as redes sociais para alertar a população mais jovem, pedindo para evitar aglomeração e seguir os protocolos sanitários da doença, porque o sistema de saúde do estado colapsou.

Com base em dados fornecidos pela Agevisa ontem (29), a situação é a seguinte:

Casos confirmados – 184.527
Casos ativos – 18.517 (10,03%)
Pacientes recuperados – 161.964 (87,78%)
Óbitos – 4.046 (2,19%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 432
Pacientes internados na Rede Privada – 185
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 184
Pacientes internados na Rede Filantropica – 13
Total de pacientes internados – 814
Testes Realizados – 489.242
Aguardando resultados do Lacen – 967

 

POPULAÇÃO X VERSOS NÚMEROS DE DOSES CHEGADAS:


Com uma população de aproximadamente 1 790 000 habitantes, segundo dados do IBGE, Rondônia só recebeu até agora 213 608 doses do imunizante, e destas, apenas 92 mil pessoas foram imunizadas Chegando a conta-gotas no Estado, o imunizante demonstra a falta de prestigio de governantes e bancada federal, com as autoridades do sistema de saúde nacional.

SOLUÇÃO DA DOENÇA:

Por outro lado, o governo do estado, visando das cabo à doença, anunciou na semana passada que adquiriu um milhão de doses de vacina Sputinick V. No entanto, o imunizante ainda nem entrou na fase de teste na Anvisa, porque precisa complementar documentação constante do protocolo para esse fim.

 

Fonte: Rondonianoticias.com

 

Nenhum comentário