TERRA VOLTA A TREMER NA REGIÃO CENTRAL DE RONDÔNIA

Compartilhar:

Ouro Preto do Oeste, Jaru e Ji-Paraná teriam registrado o abalo sísmico

Na noite desta terça-feira, 16 de junho a terra voltou a tremer na região de Ouro Preto, Jaru e algumas pessoas disseram ter sentido também, em Ji-Paraná.

Eram por volta das 21h42min, quando pessoas já se manifestavam nas redes sociais, questionando se mais alguém havia sentido a terra tremer. Embora várias pessoas das cidades mencionadas responderam que sim, não houve estragos.

Uma das pessoas relatou que, teria ouvido um estouro, e em seguida, sentiu a terra tremer.

Na região de Ouro Preto do Oeste, são bastante frequentes os tremores de terra, há quem diga que embaixo das montanhas exista um vulcão adormecido.

No dia 29 de dezembro de 2019 foi registrado outro tremor de terra na mesma região. Os mais antigos relatam que desde o ano de 1974 quando ainda na colonização do Estado Rondônia, os tremores já ocorriam. Em 1978 teria sido registrado um dos abalos mais fortes da região, onde casas tiveram rachaduras.

A explicação para os abalos é que, Ouro Preto do Oeste, tenha sido construída sobre uma grande lage de pedra. Qualquer acomodação de terra nas camadas mais fundas, ou um terremoto que ocorra na América Central, pode ser sentido em pequena magnitude aqui. Foi o que explicou o cientista e geólogo a serviço do Incra em Ouro Preto em 1973, Jack Brumm- um holandês que realizou as primeiras análises sobre o Clima nesta parte da região amazônica.

 Fonte: Rondoniatual


Nenhum comentário