PRODUTOR RURAL E ESPOSA COM GRAVIDEZ DE RISCO ALEGA TER SIDO HUMILHADO POR FISCAIS AMBIENTAIS NA ZONA RURAL DE NOVA MAMORÉ

Compartilhar:


Ademir C. A. S., 35 anos, compareceu na Unida Integrada de Segurança Pública – Unisp, de Nova Mamoré/RO, comunicando que adentraram em sua propriedade rural, localizada na linha 31 C, sem a sua autorização, fizeram uma picada e retiraram madeira da reserva, próximo a lateral da sua propriedade.

Ele relatou que não tinha conhecimento do fato da retirada da madeira por que estava acompanhando a sua esposa que está grávida e fazia tratamento, pois sua gravidez é de risco.

Os fiscais da Sedam e a Polícia Ambiental foram até a sua propriedade, quando o mesmo se encontrava na sua casa, notificaram com o auto de infração de nº 001021 no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), e ainda no momento da entrega do auto de infração, ele e sua esposa foram humilhados.

A esposa da vítima passou mal devido a humilhação que passaram por parte dos funcionários do governo. Mediante o fato relatado, a vítima comunica o fato solicita as devidas providências da autoridade policial.

A reportagem do site Mamoré Agora fica a disposição dos órgãos envolvidos para quaisquer esclarecimentos.



Fonte: Mamoré Agora

Nenhum comentário