VEREADORES AFIRMAM ESTAREM SENDO AMEAÇADOS DE MORTE APÓS APRESENTAREM DENÚNCIA CONTRA O PREFEITO

Compartilhar:


O relator da Comissão Especial de Investigação, Kerling Brito e o denunciante vereador Isaac Carreirinha, afirmaram em entrevista realizada na manhã de hoje (06) que estariam passando por diversas ameaças de toda natureza, inclusive de morte, algumas já com registro policial.

Em tom de revolta o vereador acabou rasgando o verbo numa emissora de rádio. Entre outras coisas, o vereador chegou a insinuar que entre seus pares na Câmara, existem alguns vereadores que estão fazendo balcões de negócios com a chefatura do Poder Executivo. Revelou que nestes dias de efervescência política, secretários, assessores e puxa sacos do prefeito rondaram a Câmara com o intuito de oferecer dinheiro para votação em contrário à suspensão do alcaide Cícero Alves.


O pronunciamento foi feito pelo vereador Kerling Brito e o autor da denúncia Isaac Carrerinha em entrevista na rádio Rondônia, “Não tenho mais paz, estou sendo coagido e ameaçado a todo o momento”

Pela tarde em seu programa o vereador Isaac Lucas Cândido (O Carreirinha) novamente entrou no tema das ameaças sofridas e afirmou que por diversas vezes foi oferecido a ele e para Kerling o valor de 130,000,00 mil reais para que os vereadores rasgasse e deixasse para lá todo esse processo, sendo recusado por ambos os vereadores que disseram que honrariam os votos a eles confiados pelo povo, nesse  momento os vereadores passaram receber mensagens e ligações de ameaças “Registrei ocorrência policial e vou querer saber que está me ameaçando, chegaram a dizer que meus filhos pagariam pelo pato e sofreriam as consequências da denúncia que fiz”.

Fonte: Portal Guajará


Nenhum comentário