PROFESSORES PRECISAM PEGAR CARONA NA BR APÓS ÔNIBUS QUEBRAR NA ZONA RURAL DE NOVA MAMORÉ

Compartilhar:

Os professores voltaram a pé no sol quente até chegar na BR



Na volta as aulas nesta segunda – feira (29) quase 100 dias da data prevista, professores que atendem a Escola Marechal Cândido Rondon não conseguem chegar à escola que fica localizada no distrito que Marechal Rondon, travessão da Terceira Linha do Ribeirão.

O fato se deu devido ao ônibus fornecido pela empresa apresentar defeito mecânico já no município de Nova Mamoré, e mesmo assim insistindo na viagem, no primeiro morro o ônibus parou e não conseguiu seguir viagem.

Uma professora relatou em suas redes sociais que uma caminhonete com um representando a empresa passou por eles e sequer lhe ofereceu carona. Leia o desabafo da professora, Tassia Karina:



“Aos alunos que nos espera na escola, nossa animação do primeiro dia de aula foi impedida na primeira subida, o ônibus começou a dá problema na saída da cidade, mas como somos persistente continuamos a viagem, porém na primeira subida não foi nem pra frente nem pra trás, só nos restou voltar a pé para Br e pedir carona, mas o mais revoltante foi passar uma camionete da empresa responsável pelos ônibus e nem perguntar se poderia nos levar até a escola ou até em casa, essa é a valorização que temos. Espero que amanhã possamos chegar até a escola e dá o nosso melhor que é ensinar.”

Alguns pais entraram em contato com a reportagem do site Mamoré Agora, onde eles lamentavam essa situação, após meses de luta ainda ter que enfrentar essa situação. Os pais e professores cobram providências das autoridades constituídas.




Fonte: Mamoré Agora

Nenhum comentário