INDÍGENA ESTÁ DESAPARECIDO APÓS CANOA ALAGAR NO RIO ABAIXO DO DISTRITO DE SURPRESA

Compartilhar:


Uma enfermeira de dirigiu a Delegacia de Polícia Civil na manhã deste sábado (02) e comunicou em registro de ocorrência polícia que um barco de madeira(canoa grande chamado de batelão) que viajavam vários índios alagou abaixo do Distrito de surpresa, zona rural do Município de Guajará-Mirim, local em frente a passagem do Rio Sotero, chamado de Rio Negro, que dá acesso ao Rio Mamoré (na boca do Sotero), e um índio menor de idade de 04 anos desapareceu nas águas.



A reportagem do Portal Guajará, apurou que estavam na canoa mulheres e adolescentes e os índios morava m nas Aldeia Indígenas Baia das Onças e Ricardo Franco e apurou que o corpo de bombeiros está colhendo informações para tomar as medidas necessárias e buscas estão sendo realizados pelos próprios indígenas, moradores das redondezas, Funai, Casai, no local a procura da criança indígena.  O Administrador de Surpresa, Sr. Valter Teixeira também se deslocou ao local para dar apoio nas buscas e as famílias.

Fonte: Portal Guajará


Nenhum comentário