PRINCIPIO DE REBELIÃO NO PRESÍDIO DE GUAJARÁ-MIRIM FOI CONTROLADO POR AGENTES PENITENCIÁRIOS

Compartilhar:


Na manhã desta quinta-feira (24) no Presídio Masculino de Guajará-Mirim/RO, um princípio de rebelião (motim) foi escutado por populares que passavam nas redondezas do Presídio, como muito barulho e gritaria vinham do interior do presídio, e disparos de tiros (balas de borrachas) foram ouvidos.

Informações preliminares o ato de revolta seriam decorrentes do movimento de parada  dos agentes penitenciários, que de acordo com informações obtidas devido ao número reduzido de agentes está sendo impossível a realização de alguns procedimentos de benefícios para os presos como as visitas de rotina.

O repórter Flaviano Sales do Portal Guajará apurou que foi necessário o disparo de tiros de borrachas para controlar a situação, devido os presos estarem abalando a estrutura do presidio, podendo causar danos ou prejuízos materiais, de imediato os agentes penitenciários conseguiram controlar a situação e tudo voltou a normalidade.



Fonte: Portal Guajará
Repórter Flaviano Sales


Nenhum comentário