UM É PRESO E UM MENOR APREENDIDO APÓS INVADIREM RESIDÊNCIA E FAZER VÍTIMAS REFÉNS EM NOVA MAMORÉ

Compartilhar:

Um elemento ainda disse que queria fazer sexo com a menor e passou a beija - lá no rosto.

Jucinei S. T., 18 anos

Na madrugada de Domingo (30) uma guarnição da Polícia Militar recebeu determinação da central de operações para se deslocar até a avenida José Ribeiro da Costa, bairro São José, em Nova Mamoré/RO, onde segundo informações da solicitante elementos estavam rondando seu quintal.

Prontamente a guarnição se deslocou ao local sendo que a viatura ficou um pouco afastada e os policias se deslocaram a pé até a residência e ao adentrar o quintal pelo portão lateral, logo puderam ouvir vozes masculinas dizendo “cala a boca senão vou te matar”, logo em seguida ouviram vozes femininas falando “pelo amor de Deus não faz nada com a gente”.

Os policias perceberam que uma tábua da porta dos fundos estava danificada, foi então que a equipe policial constatou que tratava se de um roubo com restrição de liberdade e logo em seguida a fechadura da porta com chutes e os policias entraram na residência e logo perceberam dois elementos, sendo que um ao perceber a presença da equipe policial correu para o quarto de posse de uma faca tipo peixeira e logo foi detido o outro elemento estava deitado no colchão na sala e se posicionou atrás de uma vítima e colocou um facão em seu pescoço.



Nesse instante os policias fizeram uma breve negociação foi então que a vítima, uma menor de 14 anos em uma ação rápida afastou o facão de seu pescoço e sua mãe de 39 anos que estava ao lado também agarrou na lamina do facão sendo certo que neste momento os policiais imobilizaram o elemento que foi identificado como Jucinei S. T., 18 anos, e o outro era uma menor de 16 anos.

Durante a ação policial Jucinei bateu com a cabeça ao solo e ficou desacordado, o mesmo foi conduzido ao HPS onde recebeu cuidados médicos, as vítimas informaram que estavam assistindo TV quando ouviram barulhos no quintal, neste momento uma vítima ligou no telefone 190 e solicitou a presença da polícia militar, neste instante os elementos arrombaram a porta dos fundos e entraram na residência, um de posse de uma faca e o outro de posse de um facão ambos com pano amarrado na cabeça.

Os infratrores tomaram os celulares das vítimas e exigiram dinheiro foi então que a mulher entregou a quantia de R$ 110 reais a um dos elementos não satisfeito, passaram a fazer ameaças de morte contra as vítimas e na sequência Jucinei disse que queria fazer sexo com a menor e passou a beija - lá no rosto.

Jucinei recebeu voz de prisão e o menor recebeu voz de apreensão e ambos foram conduzidos e apresentados na DPC local juntamente com uma faca, um facão.

Fonte: Mamoré Agora

Nenhum comentário